Exames

Teste de Paternidade

As discussões sobre a questão da paternidade alcançam a casa de centenas de milhares em todo Brasil. Muitos supostos pais e supostos filhos, inseguros de suas situações parentais, recorrem a calculadoras de paternidade que através de cruzamentos de características físicas e principalmente de tipos sanguíneos (ABO-Rh) dos envolvidos, podem oferecer indícios sobre a relação biológica entre indivíduos. Porém, embora o ABO-Rh possa em alguns casos excluir a possibilidade de paternidade, não é possível comprovar uma paternidade através dessa simples análise. Por exemplo: Se os supostos pai e mãe possuem sangue dos tipos “O” e “B”, os filhos somente podem ter sangue também do tipo “O” ou “B”, porém, possuindo eles sangue do tipo “O” ou “B” não há nenhuma garantia de que sejam mesmo herdeiros biológicos dos supostos pai e mãe. Veja abaixo uma tabela apresentando os tipos sanguíneos possivelmente resultantes através do cruzamento do ABO dos pais.

 

De fato, a única forma certeira de se definir uma paternidade ou maternidade é através de exames de DNA, que proporcionam um nível de acerto de 99,99%. Mas antes de entender como é feita esta pesquisa, vamos entender do que se trata essa famosa sigla “DNA”.

Investigação de paternidade por DNA

DNA refere-se à ácido desoxirrobonucleico que são substâncias orgânicas presentes dentro e fora de nossas células que possuem a função de carregar todas as nossas características, coordenando o funcionamento e desenvolvimento de nosso organismo, além de transmitirem nossa herança genética aos nossos filhos. Nosso DNA é formado por metade da genética de nossa mãe e por metade dos genes de nosso pai. A não ser nos casos de gêmeos univitelinos, cada indivíduo possui seu próprio código genético, tornando-nos absolutamente únicos no mundo. Assim como cada pessoa possui uma exclusiva impressão digital, também possui uma exclusiva impressão genética.

A partir dessa explicação conceitual do DNA fica mais claro entender como é feita a pesquisa de DNA para investigação de paternidade: através de amostras sanguíneas, saliva ou pêlo, podem-se extrair cadeias de DNA de ambos os indivíduos, submetendo-as a equipamentos de alta tecnologia que, através de sondas especiais, decifram seus códigos genéticos. Por fim, através da leitura e cruzamento desses códigos, identifica-se a presença ou não de uma herança genética entre as duas amostras investigadas, confirmando-se com absoluta assertividade a existência ou não da paternidade.

Muitas pessoas inseguras ou ansiosas pela verdade sobre suas relações biológicas com pais ou filhos, tem buscado serviços laboratoriais que executem a investigação de paternidade por DNA. O e-DNA, serviço oferecido pelo Laboratório Tommasi oferece tal serviço com sigilo absoluto, com toda compra feita pela internet, enviando os kits para auto coleta das amostras em casa. Após reenviados das amostras para o laboratório via correios, executa todos os procedimentos laboratoriais de analise e investigação da paternidade ou maternidade, disponibilizando o resultado online.

 

Fonte:

http://e-dna.com.br/blog/investigacao-de-paternidade-metodos-e-como-funciona-um-exame-de-dna/

 

Empresas conveniadas

Localização

Contato

Rua, Castro Alves N° 35,

Bairro Bosque, Rio Branco / AC - 69900-622

Telefones: (68) 3224-9861 - 3223-3610

 3224-2345 - 3223-3049